Programa De Olho na Cidade

PMDB baiano prepara ato de desagravo para Colbert

A direção do PMDB na Bahia pretende se reunir nesta segunda (15) com o ex-deputado Colbert Martins, que é membro da legenda, para definir a realização de um ato de desagravo por conta da detenção do político baiano durante a operação Voucher, deflagrada na última semana. Além do ato, o partido pretende cobrar da Polícia Federal a apresentação das "provas robustas", que teriam levado à inclusão de Colbert, que está três meses como secretário nacional de Desenvolvimento de Programas de Turismo, entre os acusados.

“A realização do ato de desagravo é um pedido de diversos prefeitos e deputados que eu vou levar a Colbert, na segunda-feira, mas a realização depende dele”, explica o presidente regional do PMDB, Lúcio Vieira Lima.

A prioridade, neste momento, diz Lúcio, é esperar que o político “cure as feridas” que a detenção pode ter lhe causado. Segundo ele, a avaliação geral é que a situação, “apesar de lamentável”, foi positiva ao ex-deputado. “Na verdade, a postura de Colbert nos deixou cheios de orgulho. Ele foi defendido pela própria história e mostrou que a honestidade compensa”, destacou, lembrando a notícia de que o procurador federal, Celso Leal, cogita excluir o nome do político baiano da lista dos acusados.

Lúcio conta ainda que Colbert sempre aparentou tranquilidade em relação à situação. “Conversei com ele duas vezes, no início, quando ele foi detido e ontem, quando saiu”, diz. Na prisão, o ex-deputado, que é médico, teria chegado a oferecer auxílio a um outro detento que estava com problemas de saúde, afirma Lúcio.

O político baiano foi preso na última terça-feira, quando a Polícia Federal deflagrou a Operação Voucher. A investigação busca combater o desvio de recursos públicos destinados ao Ministério do Turismo por meio de emendas parlamentares ao orçamento da União.

Hoje, o ex-deputado não atendeu às ligações da reportagem. De acordo com a assessoria de imprensa dele, Colbert deve permanecer entre os familiares em Brasília e pretende ir a Feira de Santana na próxima terça ou quarta-feira.

Whatsapp
Google+
Versão Clássica