Programa De Olho na Cidade

Contratação de bandas pela prefeitura causa polêmica na Câmara

Um requerimento do vereador Frei Cal (PMDB) causou polêmica na Câmara Municipal de Feira de Santana na manhã desta quarta-feira (24). O motivo são os valores pagos pela prefeitura às bandas que tocaram nas festas de São João e São Pedro realizadas na zona rural de Feira.

O requerimento 138/2011 cita uma reportagem do jornal Tribuna Feirense, que fala da diferença entre os cachês pagos aos artistas nas festas de Conceição do Jacuípe e Feira de Santana. Com base na notícia, Frei Cal questionou a contratação da Banda Calcinha Preta, que recebeu o valor de R$135 mil para tocar no São João do distrito de Maria Quitéria. Em “Berimbau”, a mesma atração recebeu R$80mil. o grupo Aviões do Forró foi contratado por R$190 mil para o São Pedro de Humildes, ao mesmo tempo em que recebeu R$170 mil na cidade vizinha.

“É lamentável essa incoerência, uma vez que as bandas estavam em cidades próximas. De um dia para o outro a Banda Calcinha Preta gastou R$55 mil com a sua equipe?”, questionou Frei Cal.

o vereador Marialvo Barreto (PT) criticou a diferença no tratamento da prefeitura com os artistas de renome nacional e os artistas locais, que costumam receber valores muito inferiores e com atraso. Depois de muita discussão, o requerimento de Frei Cal foi rejeitado na votação entre os vereadores.

Whatsapp
Google+
Versão Clássica