Programa De Olho na Cidade

Thiago Lacerda promete vaiar Diego Costa no Maracanã: "Não perdoo"

Thiago Lacerda prometeu vaiar o brasileiro Diego Costa, jogador da seleção espanhola após se naturalizar, assim como fez o público que assistiu à partida Espanha contra Holanda, nesta sexta-feira (13), na Arena Fonte Nova, em Salvador.

"Essa vaia, eu faço coro. Eu vou assistir a Chile e Espanha no Maracanã e vou vaiar o seu Diego Costa. Eu entendo os motivos dele, mas eu não perdoo. É uma convocação de seleção brasileira. O cara tem que ter uma responsabilidade cívica mínima", comentou durante entrevista para o SporTV.

Diego Costa ouviu xingamentos como "Diego, v...", de "traíra", além de gritos de "Ei, Diego, vai tomar no...".

O jogador mostrou que não gostou da recepção e, assim que foi substituído por Fernando Torres, aos 18 minutos do segundo tempo, Diego fez sinal de silêncio para a torcida ao sair de campo, colocando o dedo na boca.

O pai do atacante Diego Costa defendeu a decisão do filho de jogar pela seleção da Espanha e não pelo Brasil. Para José Dias Costa, o treinador Luís Felipe Scolari esqueceu do atacante depois da Copa das Confederações. Diego foi convocado pela Espanha, que defenderá no Mundial do Brasil.

Diego Costa foi convocado por Felipão para os jogos do Brasil conta Honduras e Chile, em novembro do ano passado, mas enviou uma carta à CBF, informando que não aceitaria a convocação.

"Quando ele foi convidado pela seleção espanhola eu estava lá (na Espanha). Ele chegou de um treino e disse: 'pai, o que você acha? Pai, eu acho que não tenho chance no Brasil, teve três convocações e nem o Felipão nem ninguém falou comigo’”, lembra José Dias Costa. “E eu disse: 'você que sabe, o que decidir eu estou com você’", contou à emissora Band.

"Depois que teve a outra convocação da Copa das Confederações, o Felipão esqueceu ele (Diego)", diz José Dias.

Felipão chegou a "desconvocar" Diego Costa no meio da confusão. “Tratando-se de um jogador brasileiro, que não deseja jogar pelo seu país, em uma Copa no seu país, esse atleta está desconvocado automaticamente”, declarou o treinador na ocasião. Para o pai de Diego Costa, a fala foi desrespeitosa.

Whatsapp
Google+
Versão Clássica