Programa De Olho na Cidade

Fernando Torres nega ameaça de morte contra Lulinha

O deputado federal Fernando Torres (PSD) contestou as acusações feitas pelo vereador Luis Augusto de Jesus (Dem), conhecido como Lulinha, que disse ter sido ameaçado de morte. Em uma sessão tumultuada na Câmara Municipal de Feira de Santana, Lulinha afirmou que recebeu um telefonema de Fernando, que o teria ameaçado de “dar um tiro na testa”.

Em entrevista à Rádio Sociedade de Feira, o deputado negou a ameaça de tiro. “O vereador está querendo aparecer por causa da eleição do ano que vem. Eu não uso arma. Tivemos uma discussão e pedi para ele esquecer o meu nome nessa história de mudança de partido. Cheguei a falar que daria alguns tapas nele. Se tem alguém perigoso entre nós é ele”, afirmou Fernando. 

Os dois parlamentares são ex-colegas de partido, no Democratas. Atualmente Fernando está no PSD, que participou do processo de fundação da agremiação partidária. Nas sessões da Câmara, Lulinha tem feito várias críticas aos filiados do Dem que migraram para o novo partido. O antigo PFL perdeu dois vereadores.

Lulinha solicitou auxílio do presidente da Câmara, Antônio Francisco Neto, para registrar o fato na Polícia Civil. O procurador jurídico da Casa da Cidadania foi designado para acompanhar o vereador até a delegacia para a formalização de uma queixa.

Whatsapp
Google+
Versão Clássica