Programa De Olho na Cidade

Célia Secramento: vice reage e se candidata a prefeita em Salvador

Depois de ter sido preterida para a vaga de vice na chapa do prefeito ACM Neto (DEM) em prol do deputado Bruno Reis (PMDB), a atual vice-prefeita Célia Sacramento anunciou nesta sexta-feira, 5, que será candidata a prefeita de Salvador pelo Partido da Pátria Livre (PPL).
 
Em entrevistas à imprensa, a agora candidata disse ter sido "traída" por Neto em razão de não ter permanecido na chapa que o ajudou a ser eleito em 2012. O vice da chapa de Célia ainda não foi definido.
O PPL fez a sua convenção na manhã desta sexta, na Faculdade Maurício de Nassau (Pituba), quando foram homologados ainda 26 candidatos para a Câmara de Vereadores.
 
Promessa
 
Apesar de visivelmente insatisfeita com a decisão de Neto, Célia diz que a articulação de sua candidatura foi iniciativa do partido, não dela. Mas não escondeu a decepção ao dizer que "estava confiante em compor a chapa com  Neto" e que não imaginou seu descarte, o que considera uma traição.
 
Nos bastidores, fala-se na promessa que Neto fez à professora de que ela continuaria no posto.
Publicamente, em entrevistas, Neto nunca descartou a possibilidade de escolher  qualquer  um dos nomes envolvidos na disputa, entre os quais o de Célia.
 
Fora de debates
 
Mulher e negra, Célia Sacramento  fez uma dobradinha exitosa com ACM Neto há quatro anos. Agora, a 
chapa do atual prefeito da capital tem dois homens brancos e conta com a musculatura eleitoral do PMDB.
O PPL é um partido nanico cuja representação não  permitirá Célia sequer participar de debates na TV além de ter um tempo muito curto na TV.
 
As informações são do A Tarde.
Whatsapp
Google+
Versão Clássica