Programa De Olho na Cidade

Feirense e soteropolitana se encontram na Jornada Mundial da Juventude

Gabriel Dallas
 
De uma paróquia em Feira de Santana, uma feirense está representando a cidade na 34ª Jornada Mundial da Juventude (JMJ), realizada pela primeira vez na América Central, na cidade do Panamá, até o dia 27 de janeiro.
 
Segundo Lidiane Lisboa, residente em Feira de Santana há mais de dez anos, a sensação de está na JMJ é muito gratificante.
 
"A sensação de encontrar o papa e os jovens com cristo é uma experiência indescritível", informou Lidiane.
 
Lisboa destaca que a experiência está valendo a pena. "Estou muito feliz e alegre de está no Panamá", destacou dizendo que não mediu esforços para participar da jornada.
 
Representando Salvador, a jornalista das obras sociais Irmã Dulce, Rosa Brito, é uma velha conhecida da irmandade católica na Bahia e destaca a receptividade do povo panamenho.  "Estão sempre dispostos a ajudar e tirar dúvidas sem problema algum".
 
Na oportunidade na América Central, Brito levou a imagem da beatã Dulce (que está próxima de ser santificada) para o conhecimento da comunidade católica.
 
Do Panamá, Valdeir Uchôa
Whatsapp
Google+
Versão Clássica