Programa De Olho na Cidade

Coronavírus: Vereador realiza petição que pede o cancelamento da Micareta

Ao utilizar a tribuna da Casa da Cidadania, durante a sessão ordinária desta segunda-feira (09), o vereador Edvaldo Lima (PP) solicitou o apoio dos seus pares para o cancelamento da Micareta 2020 e divulgou a petição pública que consulta a população feirense sobre a suspensão da festividade programada para ocorrer entre os dias 23 e 26 de abril.
 
O parlamentar evidenciou a preocupação com a disseminação do novo Coronavírus, o Covid-19, ao mencionar os 25 casos da doença confirmados até o domingo (08), sendo que dois destes foram registrados em Feira de Santana. Ele também citou que diversos países cancelaram atividades com aglomeração de pessoas a fim de evitar a exposição ao vírus: “Hoje não é o vereador que está pedindo o cancelamento da Micareta, é o povo. O povo está preocupado. Onde a doença começou, já fecharam as fábricas, o transporte público e suspenderam os eventos, porque o governo não quer expor a sociedade. Até o Papa Francisco celebrou uma missa online”.
 
Ele reforçou a sua preocupação com a saúde dos munícipes e completou: “Todas as vezes que termina uma festa como a Micareta vem sempre as doenças como conjuntivite, gripe, meningite, pneumonia, rubéola, sarampo, tuberculose e tantas outras coisas. Não estamos tendo condições de conter um mosquito que transmite a dengue, imagine um vírus que circula pelo ar e pelo contato físico”.
 
Em aparte, o vereador Luiz Ferreira Dias – Luiz da Feira (PCdoB) – relatou ter escutado uma enquete, em um programa de rádio, em que cerca de 15 pessoas foram contrárias a realização da Micareta 2020. Também em aparte, o vereador Isaías dos Santos – Isaías de Diogo (PDT) – revelou que foi contrário ao cancelamento da festividade no momento em que Edvaldo Lima encaminhou o ofício ao gabinete do prefeito Colbert Martins da Silva Filho, entretanto, após a confirmação de dois casos do Covid-19 no município, o edil se mostrou favorável. “Nós queremos que o dinheiro investido na Micareta seja investido na prevenção do que pode acontecer. Então, hoje estou concordando com a ideia, que não é só de Edvaldo Lima, mas, é da cidade de Feira de Santana que já está em alerta. Não à Micareta no momento!”, frisou.
 
De volta com a palavra, Edvaldo Lima pediu o apoio do prefeito e dos seus pares para o cancelamento da festa: “é o momento de não só cancelar a Micareta de Feira, mas de todas as festividades que aglomerem milhares de pessoas. Nós não podemos correr este risco, a população precisa de saúde”, findou.
Whatsapp
Google+
Versão Clássica