Programa De Olho na Cidade

Insatisfeito, segmento empresarial de Feira prepara nota contra decisão do fechamento do comércio

Representantes de classes empresariais de Feira de Santana se reuniram na manhã deste domingo (29), e devem divulgar uma nota no final da tarde ou amanhã logo cedo, demonstrando insatisfação com o fechamento do comércio por mais uma semana na cidade. Os mais insatisfeitos, defendem uma nota de repúdio à decisão do governo municipal.

 

Existe uma forte possibilidade de demissões, já a partir desta segunda (30), inclusive, algumas empresas já estão dando férias coletivas aos seus colaboradores. O decreto anterior que determinava o fechamento do comércio, era válido até hoje, mas na tarde deste sábado (28), a decisão do prefeito Colbert Martins Filho pela manutenção até o dia 6 acabou vazando.

 

A expectativa dos empresários era pela reabertura, já na manhã desta segunda. Na última sexta (27), numa reunião de portas fechadas, a classe discutiu possibilidades e apresentou à Colbert Filho, uma lista com 21 propostas para a volta imediata às atividades. Prefeitos e governadores estão sendo pressionados, principalmente pelas grandes redes varejistas. Segundo informações dos próprios empresários, nos próximos 15 dias, o número de demissões pode chegar a 600 mil em todo o Brasil.


 

Whatsapp
Google+
Versão Clássica