Programa De Olho na Cidade

Baiana Beatriz Ferreira perde para irlandesa e conquista a prata no boxe

A brasileira Beatriz Ferreira, campeã mundial de 2019, perdeu, neste domingo, para a irlandesa Kellie Harrington, ouro no Mundial de 2018, por decisão unânime dos juízes e conquistou a medalha de prata nas Olimpíadas de Tóquio na categoria até 60kg do boxe.
 
- Saí do Brasil com a meta de conseguir a mãe de todas, não consegui, tentei mudar de cor, mas não consegui. Vou continuar trabalhando para que ela mude. Claro que o objetivo era o ouro, o ouro não veio, mas estou contente com essa aqui. Sou medalhista olímpica, é para poucas. (...) Acredito que representei bem, não foi o ouro, mas foi a medalha de prata com sabor de ouro – disse Bia logo após colocar a medalha no peito, e prometeu que estará em Paris-2024: “Tá logo ali. Aguardem”.
 
As duas atletas jamais tinham se enfrentado em uma competição oficial. Kellie Harrington foi campeã mundial em 2018, quando Beatriz estava do outro lado da chave e parou nas oitavas de final. Já Beatriz foi campeã em 2019, quando Kellie estava machucada e não competiu.
 
O início foi bem estudado, com Bia acertando dois bons golpes. No segundo minuto, em uma trocação, a irlandesa conseguiu a acertar a brasileira. A brasileira ficava no centro do ringue, enquanto a Kellie girando a sua volta. Em um momento, Bia encurralou a rival nas cordas e conseguiu bons golpes. Três dos árbitros deram vitória para a brasileira e dois para a irlandesa.
 
Whatsapp
Google+
Versão Clássica