Programa De Olho na Cidade

Pandora Papers encontra offshores de 133 bilionários da lista da Forbes

A série Pandora Papers, maior investigação da história do ICIJ (Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos, na sigla em inglês), encontrou offshores ligadas a 133 bilionários –de mais de 40 países– listados no ranking da revista Forbes.
 
Segundo reportagem do site Poder360 sobre o tema, dados de 2021 mostram que a fortuna somada de 102 beneficiários das empresas em paraísos fiscais é de US$ 635,8 bilhões.
 
O Brasil é o 2º país com mais bilionários do ranking conectados a offshores, com 15. Fica atrás da Rússia, com 40, e à frente do Reino Unido, com 10.
 
Os dados do infográfico acima consideram somente a lista principal de bilionários da Forbes, não sendo incluídos dados de rankings regionais da revista.
 
Para alguns dos afortunados identificados na investigação, não há informação recente sobre o saldo depositado em paraísos fiscais. São 102 os que têm esse dado atualizado em 2021. Esse grupo soma fortuna de US$ 635 bilhões.
 
Os nomes dos beneficiários das offshores encontradas no Pandora Papers não estão listados nesta reportagem porque o ICIJ não pôde entrar em contato diretamente com cada 1 deles. Como ter uma offshore não é necessariamente algo ilegal, a decisão foi a de não expor os nomes sem antes ter uma posição oficial a respeito de cada situação individual.
 
A investigação dos Pandora Papers é baseada em 11,9 milhões de arquivos. Os dados cobrem um período que vai de 1990 a 2019. O material foi analisado por cerca de 1 ano até sua publicação.
 
As apurações do ICIJ conta com: 615 jornalistas de 149 veículos em 117 países. No Brasil, fazem parte da investigação o Poder360, a revista piauí, a Agência Pública e o site Metrópoles.
 
*Metro 1
Whatsapp
Google+
Versão Clássica